Mudança de banco e encerramento

O cliente bancário pode, a qualquer momento, mudar a domiciliação ou encerrar a sua conta à ordem.

 

Mudança de banco

O processo de mudança de banco beneficia, desde 1 de março de 2010, das regras adotadas por alguns bancos membros da Associação Portuguesa de Bancos (APB).

Estas regras, designadas genericamente de “Princípios Comuns para a Mobilidade de Serviços Bancários”, permitem aos clientes bancários particulares transferirem a sua conta de depósito à ordem de um banco para outro de forma mais fácil e célere. Possibilitam ainda a mudança de ordens de transferência permanente e de cobranças por débito direto, de âmbito nacional, para outro banco.

Para saber se pode mudar a domiciliação da sua conta à ordem ou transferir serviços de pagamento de acordo com estas regras, o cliente bancário deve solicitar essa informação ao “banco de destino” (para o qual pretende transferir a sua conta à ordem ou serviços de pagamento) e ao “banco de origem” (no qual possui a conta ou serviços a transferir).

Sempre que o cliente bancário pretenda transferir uma conta de depósito à ordem, o “banco de destino” e o “banco de origem” devem colaborar de forma a facilitar o processo de mudança.

Os clientes poderão escolher o “banco de destino” como o único ponto de contacto para a transferência de serviços de pagamento, que estabelecerá os contactos necessários com o “banco de origem”.