FinCoNet destaca mandato do Banco de Portugal na certificação de entidades formadoras dos trabalhadores das instituições e dos intermediários de crédito

A certificação de entidades formadoras dos trabalhadores das instituições e dos intermediários de crédito realizada pelo Banco de Portugal é um dos temas em destaque na mais recente edição da newsletter da Organização Internacional para a Proteção do Consumidor Financeiro (FinCoNet).

No artigo “Market conduct supervision oversees staff knowledge and competences: a new mandate assigned to Banco de Portugal”, preparado pelo Banco de Portugal, sublinha-se a importância de os trabalhadores das instituições de crédito envolvidos na comercialização de crédito hipotecário e dos intermediários de crédito terem conhecimentos e competências adequados para informarem e esclarecerem os clientes bancários. O Banco de Portugal, desde 1 de janeiro de 2018, certifica e monitoriza as entidades responsáveis por ministrar a formação que confere a respetiva certificação profissional.

A newsletter da FinCoNet apresenta outros artigos de interesse para a supervisão comportamental, de entre os quais um texto preparado pelo Banco Central do Brasil sobre a “Agenda BC#”, uma iniciativa desta entidade que visa, entre outros objetivos, limitar o custo do crédito, promover a mobilidade dos clientes bancários e a melhorar a regulação bancária e a eficiência do sistema financeiro.

A newsletter inclui também um artigo da Australian Securities and Investments Commission, autoridade de supervisão da Austrália, respeitante à atualização das orientações relativas à concessão responsável de crédito.

Nesta publicação, é igualmente destacado o Financial Lives Survey, um inquérito bienal conduzido pela Financial Conduct Authority (FCA), do Reino Unido, com o propósito de caracterizar e analisar as necessidades, atitudes e comportamentos dos consumidores, enquanto instrumento de apoio à atuação reguladora desta autoridade de supervisão.

A newsletter inclui ainda um artigo preparado pelo Consultative Group to Assist the Poor, no qual esta entidade alerta para a importância de existir um enquadramento regulatório adequado do sistema financeiro, como forma de promoção da inclusão financeira e da proteção do consumidor financeiro, num contexto de crescente digitalização dos serviços financeiros.

As edições da newsletter podem ser consultadas no site da FinCoNet e neste Portal (disponíveis apenas em inglês).

 

Sobre a FinCoNet

A FinCoNet é uma organização internacional de autoridades de supervisão responsáveis pela conduta em mercado na comercialização de produtos bancários de retalho.

O principal objetivo desta organização é melhorar a proteção dos clientes de produtos bancários, com ênfase para os produtos de crédito e os serviços de pagamento.

O Banco de Portugal, enquanto autoridade de supervisão comportamental bancária, é membro fundador da FinCoNet e integra o Conselho Diretivo da organização (Governing Council), assumindo atualmente a sua presidência.