Banco de Portugal entrega prémio do Concurso Todos Contam a escola dos Açores

O Vice-Governador do Banco de Portugal, Luís Máximo dos Santos, em representação do Conselho Nacional de Supervisores Financeiros, entregou, no dia 14 de fevereiro, o prémio para a educação pré-escolar à Divertiláxia, na cidade Praia da Vitória, na Ilha Terceira, no âmbito da 8.ª edição do Concurso Todos Contam.

 

Divertiláxia, a vencedora na categoria de educação pré-escolar

A Divertiláxia ganhou, pela primeira vez, um prémio do Concurso Todos Contam, graças a um projeto de poupança e gestão de orçamento em torno de temas adequados à educação pré-escolar.

Durante a sessão de entrega do prémio, foram apresentadas as várias iniciativas e atividades do projeto, como a loja de brinquedos e o controlo das “contas” à ordem e a prazo com rendimentos das atividades realizadas, que contaram com a participação de alunos de 3 a 5 anos.

Na cerimónia de entrega do prémio, o Vice-Governador do Banco de Portugal felicitou as educadoras e a direção da escola, lembrando que as escolas têm um papel fundamental na promoção da educação financeira, que é “absolutamente crucial (…) e um contributo essencial para uma cidadania responsável”. O Vice-Governador reiterou o compromisso duradouro do Banco de Portugal e dos supervisores financeiros com a educação financeira. “Saio daqui muito satisfeito (…), tudo o que hoje aqui se passou dá expressão ao esforço e ao trabalho que o Banco de Portugal faz, justamente para, no quadro da supervisão comportamental, levar a cabo este programa da educação financeira”.

Esta sessão contou com a participação da Secretaria Regional da Educação dos Açores, representada pelo Diretor Regional da Educação dos Açores, Rodrigo Reis, que agradeceu a dinâmica e a dedicação dos educadores e diretores da escola no trabalho de preparação destas crianças para o futuro.

A sessão, que decorreu nas salas de aula da Divertiláxia, contou ainda com a intervenção de Lúcia Leitão, presidente da Comissão de Coordenação do Plano Nacional de Formação Financeira, que congratulou os educadores, os alunos e a comunidade, representada pelo Vereador do Município da Praia da Vitória, Tiago Ormonde, pela qualidade do projeto apresentado a concurso.

Sobre o Concurso Todos Contam

O Concurso Todos Contam distingue, anualmente, os melhores projetos de educação financeira das escolas portuguesas. É promovido pelo Conselho Nacional de Supervisores Financeiros (Banco de Portugal, Comissão do Mercado de Valores Mobiliários e Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões) com o Ministério da Educação, através da Direção-Geral da Educação e da Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional.

A 8.ª edição do Concurso Todos Contam contou com um total de 58 candidaturas a “Prémios Escola”, que envolvem mais de 11 mil alunos de cerca de 70 escolas da maioria dos distritos de Portugal Continental e também das Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira.

Foram também submetidas 5 candidaturas a “Prémio Professor”.