Intermediários de crédito autorizados

O acesso à atividade de intermediário de crédito depende de autorização e de registo junto do Banco de Portugal.

Porém, as pessoas singulares e coletivas que:

  • já atuavam como intermediários de crédito a 1 de janeiro de 2018; e

  • submeteram ao Banco de Portugal, até 31 de dezembro de 2018, o pedido de autorização para o exercício da atividade como intermediários de crédito

poderão continuar a exercer estas funções, enquanto não forem notificados da decisão do Banco de Portugal sobre o pedido de autorização e de registo, até 31 de julho de 2019. Estão, no entanto, obrigadas a cumprir todas as normas legais e regulamentares em vigor relativas ao exercício desta atividade.

Os intermediários de crédito autorizados a exercer atividade em Portugal constam de duas listas publicadas pelo Banco de Portugal:

Intermediários autorizados

Ler mais

Outras entidades autorizadas

Ler mais

A lista das autoridades com competência para autorizar e fiscalizar a atividade dos intermediários de crédito nos outros Estados-Membros da União Europeia está disponível aqui.